Postado Por : Caio Nascimento 29.3.13

A Ponte Preta, time tradicionalíssimo de Campinas que já passou dos 110 anos de existência, está aderindo a um caminho que pode contribuir para a evolução tática do futebol paulista.

O último brilho ponte-pretano foi há cinco anos atrás, quando fora vice-campeão do Paulista de 2008 contra o Palmeiras. Na ocasião, o time de Campinas tinha vários jogadores interessantes, especialmente o volante Elias, que alcançou grande sucesso no Corinthians. Cinco anos também foi o tempo que a Ponte Preta ficou na Série B do Brasileirão até retornar pra elite em 2012.

O ponto interessante nessa evolução da Macaca é justamente na comissão técnica da equipe. O time campineiro começou a chamar atenção pelo ótimo trabalho de Gilson Kleina, atualmente no Palmeiras. A Ponte conquistou o acesso para a elite do futebol brasileiro em 2011, com Kleina. O interessante foi que a Macaca passou o ano todo sem mudar de treinador.

A Ponte, aliás, tinha se dado bem também no Campeonato Paulista. A boa campanha do time campineiro levou-os à final do extinto Torneio do Interior. No entanto, o título ficou com o Oeste de Itápolis.

Em 2012 a evidente evolução da Macaca ficou um pouco mais reconhecida quando o time eliminou o Corinthians nas quartas-de-final do Campeonato Paulista, por 3x2. Porém, na semi-final, a Ponte Preta derrapou diante do Guarani no dérbi campineiro por 3x1, no Brinco de Ouro da Princesa. Mesmo perdendo o dérbi, Gilson Kleina fora mantido no cargo.

A Ponte perdera alguns jogadores desde a volta a elite do futebol nacional. Começou o campeonato bastante cambaleante e flertou por algum tempo com a zona de rebaixamento. Entretanto, a estabilidade da Macaca lhe credenciava reações em jogos difíceis contra os times que lutavam pela ponta da tabela.

Porém, um baque para o time do interior quase ruiu as estruturas do Moisés Lucarelli. Gilson Kleina, que comandava muito bem a Ponte Preta, trocara o clube pelo Palmeiras no meio do Brasileirão para tentar salvar o clube palestrino, em vão, do rebaixamento.

Para o lugar de Kleina, a Macaca usara Zé Sérgio até firmar a contratação de outro treinador jovem e desconhecido do grande cenário do futebol, o promissor Guto Ferreira. Guto comandara o Mogi Mirim no Campeonato Paulista, onde ajudou o Sapão a conquistar o Troféu do Interior ao bater o Bragantino nos pênaltis. Antes de assinar com a Ponte, Guto também tinha encaminhado a classificação do Mogi Mirim para a Série C do Campeonato Brasileiro.

Nota-se que Guto Ferreira é um treinador com um currículo interessante. O desempenho do professor continua a chamar a atenção, pois a Ponte Preta encontra-se na segunda posição do Paulistão, com dois pontos a menos que o líder São Paulo.

Dentre todos os aspectos, o que mais chama atenção nesse time ponte-pretano é que a Macaca ainda não perdeu em 15 rodadas disputadas. A Ponte é o único clube invicto no campeonato. Parte desse mérito fica com a defesa quase intransponível montada por Guto Ferreira. O clube sofrera apenas nove gols, a melhor defesa do Paulista. Enquanto isso, o ataque é o oitavo melhor com apenas 22 gols feitos.

O momento da Ponte Preta é muito bom, e a diretoria do clube campineiro merece ser aplaudida pela escolha de seus últimos treinadores. A equipe conseguiu um acesso difícil e vitórias notáveis contra grandes clubes do esquete nacional com Gilson Kleina, e atualmente é o clube com melhor aproveitamento no Paulistão, mesmo estando em segundo lugar, sendo comandados pela batuta de Guto Ferreira.

A Macaca tem a faca e o queijo na mão para se estabilizar ainda mais no cenário brasileiro. Hoje é imprescindível que um clube tenha diretores antenados no mercado, tanto de jogadores especiais que não são aproveitados (Ramires, ex-Corinthians e William, ex-Santos e Avaí) quanto no de treinadores jovens que estão pedindo passagem.

Deixe um Comentario

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

- Copyright © Trama Futebol Clube -- Traduzido Por: Template Para Blogspot