Postado Por : Caio Nascimento 17.9.13

Quando alguma celebridade é vista assistindo à alguma partida de futebol, geralmente, para a alegria das pessoas, o repórter questiona sobre qual equipe a estrela torce. Como o futebol é uma das maiores paixões do ser humano, é comum ver pessoas do porte de Tom Hanks, Príncipe William, Elton John, Robbie Willians, Usain Bolt e entre outros, perdendo as estribeiras nas arquibancadas como uma pessoa normal.

O intuito é expor os times das celebridades mais conhecidas no mundo e de pessoas igualmente famosas por N motivos. Algumas delas são a cara do time pelo qual torce! Confira, são mais de 100 personagens famosos!


Adolph  Hitler - Schalke 04. Responsável pela morte de milhares de pessoas durante a Segunda Guerra Mundial, Adolph Hitler era tido como entusiasta do Schalke 04, grande clube alemão. Foi no período em que Hitler esteve no poder da Alemanha com o partido nazista, que o Schalke viveu o seu melhor momento no futebol. O clube evita comentar sobre o assunto, mas a informação é de que o ditador nazista era mesmo fã do clube Azul Real.

Benito Mussolini - Bologna/Lazio. Líder do partido fascista italiano, Benito Mussolini adorava futebol. Assim como o Schalke, o Bologna viveu os seus melhores momentos de 1930 a 1950. Existem rumores na Itália de que Mussolini arranjava resultados em prol do Bologna, que conquistou o tricampeonato italiano durante a década de 1930. Entretanto, durante o apogeu do fascismo na Itália, sob o comando do ditador, a Lazio jogara sob os olhares de Mussolini com grande frequência. O motivo disso? O clube biancoceleste era, na época, o principal time de futebol da capital, centro do partido fascita. Mussolini tornou-se num verdadeiro torcedor do clube laziale.

Osama Bin Laden - Arsenal. Sim, o fundador da Al Qaeda, e que foi morto em 2011, era torcedor do Arsenal. Irônico, não acha? Não apenas contente em torcer, dizia-se que Bin Laden chegou a assistir jogos do clube londrino no Emirates Stadium.

Barack Obama - West Ham. Fanático por esportes, aparentemente Barack Obama também curte um futebolzinho. E o seu time do coração é o tradicional West Ham. Será que ele espia os trabalhos do Sam Allardyce, ou prefere ficar cornetando a equipe da sala oval?

Fidel Castro - Arsenal. Incrível como o Arsenal atrai as atenções de homens que tem o seu nome envolvido com a política, não? O socialista cubano já fora homenageado pelo clube enquanto esteve doente. Castro constantemente faz referências ao seu clube do coração.

Ozzy Osbourne - Aston Villa. A lenda do heavy metal, e comedor de morcegos nas horas vagas, Ozzy Osbourne consegue arranjar tempo para torcer pelo Aston Villa, grande clube de Birminghan. No começo da carreira, Ozzy costumava adiar shows do Black Sabbath para assistir os jogos da equipe direto do Villa Park.

Sir Paul McCartney - Everton. Você tem certeza de que não é o Liverpool? Tenho. O velho Macca torce fanaticamente pelo Everton, primeiro grande clube da cidade de Liverpool. Ao contrário de Paul, John Lennon não gostava muito de futebol.

Mick Jagger - Manchester United/Fluminense. O maior pé frio do futebol é torcedor dos Red Devils. Quando veio ao Brasil, Jagger recebeu de seu filho uma camisa do Tricolor das Laranjeiras, e disse que tem apreço pelo clube carioca por causa de seu filho. Rezem, tricolores!

Elton John - Watford. Sim, até o Watford, modesto clube inglês, tem um torcedor ilustre. E bota ilustre nisso, hein? O excelente roqueiro Elton John, inclusive, já foi presidente do clube.

Robert Plant e Jimmy Page - Wolverhampton. Dois monstros do rock que lideravam o Led Zeppelin, monumental banda de heavy metal, torciam juntos para o bicampeão inglês, o Wolverhampton. Inclusive, os Wolves têm o Robert Plant como presidente honorário.

Noel e Liam Gallagher - Manchester City. A única coisa que é capaz de unir os irmãos Gallagher é o Manchester City. Fundadores do Oasis, é comum vê-los nas arquibancadas do Etihad Stadium dando o seu suporte ao clube.

Thom Yorke - Manchester United. Vocalista e guitarrista de uma das maiores bandas alternativas de todos os tempos, o Radiohead, torce pelos Red Devils graças ao pai. Yorke já fora flagrado algumas vezes no Old Trafford com a camisa dos diabos.

Johnny Rotten - Arsenal. Vocalista do Sex Pistols, Johnny Rotten é mais do que apaixonado pelo Arsenal. Rotten fazia parte de um pequeno grupo "quase" hooligan do Arsenal durante a adolescência.

Brian Johnson - Newcastle. Vocalista do AC/DC, o enérgico Brian Johnson é torcedor fanático dos Magpies. É bem comum ver o roqueiro com a camisa da equipe por aí.

Roger Daltrey - Arsenal. Vocalista e fundador da banda The Who, Roger Daltrey é fã dos Gunners.

Damon Albarn - Chelsea. Líder de uma das maiores bandas alternativas de todos os tempos, o Blur, Damon Albarn é fanático pelos Blues. É muito fácil encontrar entrevistas do vocalista do Blur com algum tipo de vestimenta ligado ao Chelsea.

Ian Brown - Manchester United. Vocalista do Stone Roses, importante banda alternativa que começou a brilhar nos anos 80, torce para os Red Devils fervorosamente.

Lily Allen - Fulham. A cantora britânica é presença constante no Craven Cottage. Fã do Fulham graças à influência do pai, Lily protagonizou uma das cenas mais emblemáticas do futebol quando foi flagrada se acabando em lágrimas ao ver o seu Fulham ser batido pelo Atlético Madrid na final da Europa League de 2009/2010.

New Order - Manchester United. Lembra daquela banda que surgiu após o desintegramento do Joy Division? Então, o New Order, banda responsável pelo single "Blue Monday" e pelo surgimento da cena alternativa nos anos 80, é composta por torcedores do Manchester United.

Bruce Dickinson - Rangers. O cantor do Iron Maiden é fanático pelo Glasgow Rangers. Por cantar numa das bandas mais famosas do mundo, Dickinson, mesmo torcendo para Rangers, é respeitado até pelos torcedores do Celtic.

Steve Harris - West Ham. O baixista do Iron Maiden é completamente fissurado pelos Hammers. Quando criança, Harris jogou nas categorias de base do West Ham.

Roger Waters - Arsenal. O baixista da maior banda psicodélica do mundo, o Pink Floyd, admitiu há alguns que torce para o Arsenal.

Morrissey - Milwall. Steven Morrissey, ou simplesmente Morrissey, foi o líder da banda The Smiths, responsável por letras românticas e muitas vezes depressivas. Incrível acreditar que Morrissey, responsável pela composição da maioria dessas letras de cunho romântico e inofensivo, fosse torcedor do Milwall, um time de brigões e brutos.

Amy Winehouse - Aston Villa. A ex-nova rainha do soul, Amy Winehouse, enquanto viva torcia para o Aston Villa. Os Villians entraram na vida da cantora graças à influência do pai.

Shania Twain - Tottenham Hotspurs. A terceira mulher listada, Shania Twain, cantora de country music, é torcedora do Spurs.

Sting - Newcastle. Ex-vocalista da banda The Police, Sting é torcedor dos Magpies desde a infância.

The Cure - Reading. Responsáveis pelos singles "Love Song", "Friday, I'm in Love" e "Boys Don't Cry", a banda alternativa The Cure é formada por torcedores do Reading, em especial o vocalista Robert Smith. É comum você flagrar uma bandeira do time presa à bateria da banda em seus shows.

Bob Marley - Tottenham/Santos. O "rei do reggae" era completamente fã de futebol. Apesar de ser jamaicano, um país com poucas tradições no esporte, Marley era fã do Tottenham Hotspurs. No entanto, durante a década de 1970, numa de suas viagens ao Brasil, Bob Marley fora visto jogando futebol com uma camisa do Santos. Quando perguntado sobre a camisa branca do Santos, o ex-regueiro disse que era fã de Pelé e do futebol do clube brasileiro. Existem boatos de que Bob Marley sofreu "lavagem cerebral" por parte do amigo Gilberto Gil, santista declarado, durante a estadia no Brasil.

Eric Clapton - West Bromwich. O guitar hero e ex-integrante da super-banda Cream, Eric Clapton, é um ávido torcedor do West Bromwich. Sua presença é quase constante nas arquibancadas do The Hawthorns.

Pete Doherty - QPR. Ex-integrante do Libertines, o irreverente e auto-destrutivo Pete Doherty é a exumação máxima do torcedor fanático. Talvez Doherty seja o torcedor mais fanático pelo Queens Park Rangers.

Kelly Jones - Leeds United. Vocalista da banda Stereophonics, Kelly Jones é tão (ou mais conhecido) pelos acessos de fúria e paixão pelo tradicional Leeds United quanto pelo sucesso de sua banda alternativa.

Dr. Dre - Liverpool. Sim, um rapper americano é torcedor (torcedor mesmo) do Liverpool. Se não bastasse o inusitado, Dr. Dre dá pitacos na equipe graças à sua ligação com o dono do Liverpool, que também é americano e amigo próximo do rapper.

Rod Stewart - Celtic. Quem não se lembra de Rod Stewart chorando copiosamente nas arquibancadas do Celtic Park, após a vitória do seu amado Celtic sob o Barcelona na edição passada da Champions League? O autor de "Maggie May" é tão fanático por futebol, que em 1983 invadiu o Wembley Stadium após uma vitória da seleção escocesa frente à Inglaterra.

Kaiser Chiefs - Leeds United. Mais um caso de uma banda inteira formada por torcedores de um mesmo time. A banda indie vêm de Leeds e lá permanece. O vocalista da banda, Ricky Wilson, não faz questão de apenas torcer pelo Leeds, o roqueiro constantemente demonstra seu amor no Instragram e no Twitter.

Dido - Arsenal. Cantora britânica que ficou famosa por ter namorado o rapper americano Eminen, além de ter gravado o single "Stan" com ele (sucesso no começo do século XXI), é mais uma das mulheres fanáticas por futebol.

Shirley Manson - Hibernian. A cantora do Garbage, ótima banda que surgiu na cena alternativa de 1980, torce fervorosamente pelo tradicional Hibernian, da Escócia.

Richard Ashcroft - Manchester United. Vocalista da banda The Verve, uma das precursoras do movimento alternativo, é fã juramentado dos Red Devils.

Jay-Z - Arsenal. O rapper americano diz que adora futebol, tanto é que criou uma agência de talentos para jogadores de futebol, basquete e baseball. No entanto, Jay-Z gosta mesmo é de torcer para os Gunners.

Brian Adams - Chelsea. Cantor romântico canadense também entra na lista! Famoso pelo sucesso "Everything I Do (I Do It For You)", Adams é torcedor do Chelsea.

Janick Gers - Hartlepool. Guitarrista e compositor da maioria das músicas do Iron Maiden, Janick Gers é um torcedor fanático desse simpático clube inglês.

Kasabian - Leicester City. Uma das maiores bandas alternativas vivas, Kasabian é responsável pela trilha sonora da Premier League (Fire, sucesso da banda) e pela difusão do Leicester ao redor do mundo.

Robbie Williams - Port Vale. Ex-integrante da boy band inglesa The Talking Heads, Robbie Williams, alçou voos maiores quando decidiu optar pela carreira solo. No entanto, no quesito futebol, Robbie Williams sofre na mão do modestíssimo Port Vale.

Mani - Manchester United. Ex-Stone Roses e atualmente no Primal Scream, Mani é louco pelo Manchester United. A única palavra que é capaz de distinguir esse cara é louco.

Meat Loaf - Hartlepool. Mais um torcedor famoso do Hartlepool que vêm do Heavy Metal. O "Bolo de Carne", Meat Loaf, manda e desmanda no modesto clube pelo qual sempre torceu.

Mick Hucknall - Manchester United. Cantor da banda Simply Red, Mick Hucknall é fanático pelo Manchester United. Simbólico, já que as cores de suas madeixas são iguais a do seu amado clube.

Antonio Bandeiras - Málaga. O famoso ator espanhol, que já protagonizou "A Pele Que Habito" e "Era Uma Vez No México", ama o futebol como poucos. Um exemplo de sua fidelidade ao Málaga, time da região onde nasceu, foram suas lágrimas quando o clube de Andalucia eliminou o Porto por 2x0 com um gol aos 47 minutos do segundo tempo. 

Gordon Ramsay - Rangers. O cozinheiro super star da TV a cabo geralmente perde a paciência com os seus aprendizes no The Iron Chef. Entretanto, Ramsay é torcedor do Glasgow Rangers, e muito dos seus acessos de fúria deve se originar dessa paixão. Ah, o cozinheiro chegou a jogar nas categorias de base do Rangers, mas devido às constantes lesões no joelho Ramsay largou o futebol pelo fogão.

Tom Cruise - Arsenal. O astro hollywoodiano acompanha o Arsenal há muito tempo, e muitas vezes já deve ter visto várias "Missões Impossíveis" protagonizadas por Arsene Wenger e companhia.

Tom Hanks - Aston Villa. Um doido pelo Aston Villa, isso é o que Tom Hanks é. O "Náufrago", certa vez, foi paramentado com seu cachecol do Villa na premiação mais elegante do cinema. Sim, Tom Hanks vestiu um smoking e um cachecol do Aston Villa por cima durante a premiação.

Hugh Grant - Fulham. Famoso por fazer filmes românticos, Hugh Grant já protagonizou sucessos como "Um Lugar Chamado Notting Hill". No entanto, Grant gosta mesmo é de um ambiente completamente diferente daqueles que está acostumado em seus filmes: o Craven Cottage. Assim como Lily Allen, Hugh Grant chorou como uma mocinha quando o tradicional clube londrino perdeu a final para o Atlético Madrid.

Jessie J - Tottenham. Incrível o apreço das cantoras pelo Tottenham, não acham? A cantora pop, Jessie J, é fã do Tottenham, e inclusive já foi fotografada várias vezes com a camisa do time, cachecol e gorro.

Hugh Laurie - Arsenal. Tudo mundo mente, exceto quando Hugh Laurie diz que ama o Arsenal. O dr. House, como ficou famoso o ator Gunner, é constantemente flagrado nas arquibancadas do Emirates.

Will Farrell - Chelsea. Ator cômico dos Estados Unidos também adora futebol. Famoso pelos filmes "O Âncora" e "Os Outros Caras", Farrell, inclusive, já visitou o treinamento dos Blues enquanto eles estiveram num tour pelos EUA.

Nelson Mandela - Manchester United. Além do rugby, Madiba também gosta de futebol. E, talvez pelo fato dos Red Devils terem tido um sul-africano em sua equipe há alguns anos atrás, o grande homem da Africa do Sul torce pelo lado vermelho de Manchester.

Silvester Stalone - Everton. Todos foram pegos de surpresa quando Rocky Balboa apareceu no intervalo de uma partida do Everton, jogando em Goodson Park, com a camisa do clube. Desde então, Stalone é dado como torcedor dos Toffees.

Samuel L. Jackson - Liverpool. "Pulp Fiction", "Star Wars", "Os Vingadores", "Homem de Ferro", "Django Livre" e inúmeros outros filmes estão no cartel desse ótimo ator. É incrível como ele trabalha tanto e ainda assim consegue assistir aos jogos dos Reds.

Bernie Ecclestone - Chelsea. O chefão da Formula 1, Bernie Ecclestone, é um ávido torcedor dos Blues. No entanto, existe um fato curioso sobre ele. Até o ano retrasado, Ecclestone era dono do Queens Park Rangers, outro clube londrino que possui certa rivalidade com o Chelsea.

Príncipe William - Aston Villa. Não basta ser presidente honorário da FA (Football Association), o príncipe tem que gostar de futebol! O engomado Príncipe William é fanático por futebol, e louco pelo Aston Villa. Às vezes as câmeras conseguem captar o príncipe nas cadeiras numeradas do Villa Park "vestido de civil". 

Rainha Elizabeth II e Príncipe Harry - Arsenal. Existe rivalidade no Buckingham Palace! No entanto, o Príncipe William sai em desvantagem, já que sua avó e irmão mais novo são torcedores dos Gunners.

Rainha Elizabeth I - West Ham. Inglês adora mesmo futebol, não? A rainha mor, mãe da atual rainha, era torcedora dos Hammers.

David Cameron - Aston Villa. Atual Primeiro Ministro, e líder do Partido Conservador Britânico, David Cameron não esconde sua paixão pelo Villa.

Tony Blair - Newcastle. Ex-Primeiro Ministro britânico, Tony Blair, é fanático pelos Magpies.

John Gotti - Arsenal. O maior gângster de todos os tempos foi torcedor do Arsenal por um grande tempo.

Russell Crowe - Leeds. Um dos atores mais famosos que surgiram na década de 1990, Russell Crowe, responsável por filmes como "Gladiador", "Uma Mente Brilhante", "Os Miseráveis", "Intrigas de Estado", "O Gângster" e etc, é louco pelo Leeds United. O ator neozelandês, certa vez, disse que odiava o Manchester United (grande rival do Leeds) durante a premiere de algum de seus filmes.

Viggo Mortensen - San Lorenzo. O Aragorn, da trilogia "O Senhor dos Anéis", é, sem dúvidas, um dos mais emblemáticos e curiosos casos de torcedor apaixonado. Mortensen é americano de nascimento (apesar dos seus pais serem dinamarqueses), mas se mudou para a Argentina muito jovem. Lá, o pequeno Viggo aprendeu o que todos os garotos da América do Sul aprendem: o valor do futebol. Mortensen, no entanto, não optou por Boca Juniors ou River Plate. O mocinho de "O Senhor dos Anéis" escolheu o San Lorenzo, time de muita tradição da capital argentina, como a sua grande paixão. O ator coleciona dois casos épicos de amor ao clube Cuervo: o primeiro caso, e mais famoso caso, foi quando Viggo Mortensen causou um reboliço no embarque de um avião ao comemorar o gol da salvação do San Lorenzo contra o rebaixamento. Pessoas se entreolhavam enquanto o ator comemorava sozinho com os seus fones de ouvido. O segundo caso, e talvez o mais simbólico, foi de quando Viggo Mortensen deu uma fortuna para que o San Lorenzo comprasse metade dos direitos de um terreno, onde outrora fora Boedo, o bairro onde nasceu o San Lorenzo.

Usain Bolt - Manchester United. O homem mais rápido do mundo é mesmo fanático pelos Red Devils. O jamaicano, no entanto, não é aquele torcedor normal. Bolt é um corneteiro muito chato! Nem bem começou no cargo de treinador do Manchester United, e David Moeys já virou alvo frequente das cornetadas do corredor. Inclusive, Bolt divulgou um vídeo na internet com algumas "dicas" ao treinador escocês.

Nick Hornby - Arsenal. Autor do melhor livro sobre futebol, o "Febre de Bola" (Fever Pitch), que narra a sua vida como torcedor do Arsenal, onde contém vários causos e sofrimentos típicos de um fanático por futebol. O escritor/crítico, manja muito de futebol, e possui uma visão fantástica sobre o futebol londrino.

Carlos Ruiz Zafón - Barcelona. O "Stephen King espanhol" constrói em Barcelona as suas histórias fictícias sobre assassinatos, suspense, terror e drama. Com várias colocações futebolísticas e políticas em seus livros, Zafón se refere ao Barcelona inúmeras vezes.

Douglas Adams - Arsenal. O talentosíssimo Douglas Adams, responsável pelas esquetes de humor do Monthy Python (se você não conhece, por favor, vá dar sentido à sua vida e procure por eles) e por ter escrito "O Guia do Mochileiro das Galáxias", a bíblia dos verdadeiros nerds. Apesar de tanta austeridade, Adams era apaixonado pelo Arsenal, e dizem que ele realmente saía de si pelo clube.

Hugh Jackman - Norwich. Apesar de ser questionado (e com razão) sobre suas qualidades no cinema, Hugh Jackman, mais conhecido como Wolverine, é um torcedor de verdade do Norwich, modesto clube inglês, que conta com alguns torcedores de certa fama.

Natalie Portman - Real Madrid. Quem diria que uma atriz tão sensível e recatada quanto Natalie Portman seria fã de futebol? A ótima atriz, vencedora do Oscar pela ótima atuação em "Cisne Negro", adora assistir às partidas do Real Madrid.

Sean Connery - Rangers. O primeiro 007, e galã na Idade da Pedra do cinema, Sean Connery, é um dos mais famosos torcedores do Rangers. O ator já fora homenageado pelo clube na sala de troféus antes de uma partida de Champions League.

Sophia Loren - Napoli. Musa do cinema, a bela atriz italiana é um verdadeiro produto napolitano. Sophia era incrivelmente conectada com as suas raízes deixadas em Nápoles, e uma dessas expressões era o seu amor pelo Napoli, grande clube italiano.

Luciano Pavarotti - Inter de Milão. O maior tenor que já existiu era apaixonado pela Internazionale. Alguns anos antes de morrer, Pavarotti gravou uma emocionante versão, em ópera, do belo hino da Inter de Milão.

Placido Domingo - Real Madrid. O outro tenor, dos Três Tenores, é madridista. Assim como Pavarotti fez com o hino da Inter, Domingo fez o mesmo com o belo hino do Real Madrid, em versão ópera.

Belle and Sebastian - Ayr United. A dupla que alavancou o indie rock é tão alternativa, mas tão alternativa, que o time deles nem sequer figura nas duas primeiras divisões escocesa. Sim, o Ayr United é muito desconhecido até no Reino Unido.

Arctic Monkeys - Sheffield Wednesday. A banda de Alex Turner é considerada a mais popular do "novo indie". No entanto, a banda sofre com o time pelo qual todos torcem: o Sheffield Wednesday. Se no passado "As Corujas" eram uma potência, hoje é apenas o Arctic Monkeys.

Spike Lee - Arsenal. O cineastra norte-americano é muito fã do Arsenal. Lee tem em Henry o seu grande ídolo no futebol.

Patrick Stewart - Huddersfield Town. O capitão Jean Luic Picard, de Jornada nas Estrelas, e o professor Charles Xavier, dos X-Men, dividem o mesmo corpo e o seu tempo com um time da segunda divisão inglesa, o Huddersfield Town.

Daniel Day Lewis - Crystal Palace. O ótimo ator de "Gangues de Nova York", "Lincoln", "Meu Pé Esquerdo", "O Último dos Moicanos" e "Sangue Negro", Daniel Day Lewis é adepto do simpático Crystal Palace, clube londrino que voltou à Premier League.

Penélope Cruz - Real Madrid. A estonteante atriz Penélope Cruz torce desgarradamente pelo Real Madrid. A musa do cinema já chegou a comentar que fez "loucuras" pelo time.

Danny Boyle - Bury. Aclamado diretor de grandes filmes como "Trainspotting", "Quem Quer Ser Milionário", "127 Horas" e "Em Transe", Boyle compensa seu sucesso com o modesto Bury.

Fat Boy Slim - Brighton and Hove Albion. Isso daqui é uma antítese. Enquanto Fat Boy Slim é conhecido em todo mundo por ser um grande DJ, o Brighton and Hove luta à duras penas para se tornar, no mínimo, notável.

Phil Collins - Brentford. Phil Collins apareceu muito bem com a sua banda Genesis, no final da década de 1980, e depois em carreira solo à partir da década de 1990. Collins, diferentemente do seu time de coração, já emplacou vários sucessos.

Colin Firth - Arsenal. Outro grande ator que é fanático por futebol, Colin Firth ("Discurso do Rei", "Um Golpe Perfeito", "O Espião Que Sabia Demais" e etc) é um torcedor de arquibancada dos Gunners.

Bill Clinton - Chelsea. De repente, o ex-presidente americano, Bill Clinton, declarou num jornal britânico que seu time de futebol é o Chelsea. Isso foi tão repentino, que nem o clube acreditou no jornal.

Hilary Clinton - Manchester United. Talvez para alfinetar o ex-marido, eterno safadão da Casa Branca, Hilary escolheu torcer para o único clube inglês que faz frente ao Chelsea: o Manchester United.

Michael Moore - Arsenal. Cineasta americano que ficou famoso pelos documentários que criticam as grandes corporações, o governo americano e o armamento domiciliar. Com esse cartel explosivo, nada mais comum que ele torcesse para o Arsenal, certo?

Stephen Fry - Norwich. Ator e jornalista, o excelente Stephen Fry é um "die-hard" do Norwich. "Die-hard" é muito mais do que torcer, ele transpira os Canários.

Kobe Bryant - Milan. Quando criança, o astro do Los Angeles Lakers morou por muito tempo na Itália devido a carreira de jogador de basquete do pai. Como isso aconteceu no final da década de 1980 até 1990, Kobe pode testemunhar aquele timaço do Milan que contava com Van Basten, Gullitt, Maldini, Rijkaard e Baresi. Era impossível não torcer pelo Milan nessa época!

Kevin Garnett - Chelsea. O ex-pivô do Boston Celtics também possui um apreço pela bola branca. Fã do Chelsea, Garnett costuma visitar os Blues sempre que o clube faz a típica pré-temporada na terra do Tio Sam.

Steve Nash - Tottenham. O armador do Los Angeles Lakers, Steve Nash, é apaixonado por futebol. O seu clube de coração é o Tottenham, mas o canadense já treinou com os jogadores da Inter de Milão nessa pré-temporada, além de apoiar o irmão no Vancouver Whitecaps. Dizem que o Nash joga muito bem!

Tony Parker - PSG. Outro armador de qualidade indiscutível é apaixonado por futebol. O francês Tony Parker, astro do San Antonio Spurs, é fã declarado do Paris Saint-Germain.

Manu Ginobili - Boca Juniors. O monstro argentino que atua pelo San Antonio Spurs é um xeneize inveterado. Quando criança, Ginobili tentou ser jogador de futebol, pelo Boca, mas sua altura era um grande empecilho para a habilidade.

Rafael Nadal - Real Madrid. El Toro, como é conhecido o grande tenista Rafael Nadal, é frequentemente visto nas tribunas do Santiago Bernábeu. Ah, Rafael Nadal é sobrinho de Miguel Ángel Nadal, ex-zagueiro do Mallorca e da seleção espanhola.

Roger Federer - Basel FC. O maior tenista de todos os tempos, nascido na Basileia, Suíça, é torcedor do tradicional Basel. Entretanto, Federer deve possuir a mesma quantidade de títulos de Grand Slams que Basel possui em toda sua sala de troféus. 

Andy Murray - Hibernian. Atual campeão de Wimbledon, o escocês Andy Murray é torcedor, sócio e corneta do Hibernian, time de grande tradição na terra do kilt.

Boris Becker - Bayern de Munique. Um dos maiores tenistas de todos os tempos, Boris Becker, torce como nunca para os Bávaros. Em sua conta no Twitter, Becker sempre comenta as partidas do Bayern de Munique.

Juan Martin Del Potro - Boca Juniors. Sempre raçudo dentro das quadras, Del Potro deve se espelhar na história de seu amado Boca Juniors para surpreender os bicho-papões europeus no circuito do Tênis.

Juan Carlos Ferrero - Valencia. Grande tenista que brilhou no final da década de 1990, Moya é da cidade de Valencia, e carrega consigo o clube Che no coração.

Carlos Moya - Mallorca. Outro grande tenista espanhol que se destacou na década de 1990, porém, que torce para o tradicional Mallorca, que hoje disputa a segunda divisão.

Pedro de la Rosa - Barcelona. Eterno piloto de testes da F-1, Pedro de la Rosa, que também adorava um murinho, é um torcedor Culé.

Fernando Alonso - Real Oviedo. Um dos maiores pilotos de F-1 torce para um dos clubes mais simpáticos da Espanha, o Real Oviedo. Que diferença de egos, não?

Deixe um Comentario

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

- Copyright © Trama Futebol Clube -- Traduzido Por: Template Para Blogspot