Postado Por : Caio Nascimento 20.2.13

A Copa Libertadores sempre foi um torneio fantástico de se assistir. Outrora ignorado pelos brasileiros, hoje é uma obsessão para a maioria deles devido ao sucesso do São Paulo na década de 1990. Excluindo essa recente perseguição alucinada dos clubes brasileiros ao título da Copa, existe um realidade que os times brasileiros ainda não enxergaram muito bem: o mercado sulamericano.
Notoriamente com poder financeiro superior, os times brasileiros pouco investem nos bons valores dos "vizinhos" latinos. Com exceção do caso Montillo, contratado pelo Cruzeiro após grande jornada do argentino pela Universidad de Chile na Libertadores de 2010, é quase nula a investida de clubes brasileiros aos jogadores sulamericanos.
Antes de começar a Libertadores deste ano, resolvi elaborar uma pequena lista com jogadores de até 27 anos (idade de Montillo quando fora contratado pelo Cruzeiro) que poderiam ser boas opções, ou até grandes promessas de revenda, para os clubes brasileiros. Eis a lista:

Eugenio Mena - O lateral-esquerdo da Universidad de Chile é chileno, tem 24 anos e também pode jogar como meia-esquerda. Mena recentemente foi procurado pelo Santos e quase se transferiu para jogar ao lado de Montillo pelo time da Vila. Além de forte na marcação, o lateral tem faro de gol: marcou 4 gols pela La U em 2012. Mena é recentemente convocado para a seleção nacional.

Charles Aránguiz - O meia de 23 anos, também da Universidad de Chile, é um achado do futebol. O chileno começou a carreira no Cobreloa e depois se transferiu para o Colo Colo e Quilmes (ARG). Dotado de uma excelente perna direita, o meia é responsável por todas as jogadas de bola parada da La U, além de ter uma visão de jogo excelente. O estilo de jogo de Aránguiz é bem parecido com o do Jadson, meia são-paulino.

Gustavo Lorenzetti - Outro meia da La U, porém, Lorenzetti joga pela esquerda. O argentino de 27 anos fora contratado pela Universidade de Chile para suprir a saída de Montillo para o Cruzeiro, em 2010. Desde então, Lorenzetti vem sendo o cérebro do time chileno. As maiores qualidades de Lorenzetti é o passe e o chute de longa distância. Apesar de ter 27 anos, o argentino cairia muito bem em qualquer equipe brasileira.

Sebastián Ubilla - O jovem atacante de 22 anos foi contratado pela Universidad de Chile do Santiago Wanderers (clube de empresários) pouco antes da Libertadores passada. Ubilla é incrivelmente rápido e letal, o que lhe permite marcar muitos gols (tanto é que marcou dois gols na estréia dessa edição da Libertadores). Devido aos seus predicados, é bem provável que clubes do exterior cresçam o olho pra cima do jovem chileno.

Gino Peruzzi - O polivalente defensor do Vélez Sarsfield ganhou destaque na mídia sulamericana por ter parado Neymar na edição passada da Libertadores. O alvoroço é justo não só pela qualidade na marcação e na polivalência, mas também pela juventude do garoto. Peruzzi tem apenas 20 anos, e é titular do Vélez desde os 18 anos. O argentino sabe jogar como lateral-direito, zagueiro e volante.

Fernando Tobio - O zagueiro parrudo de 23 anos do Vélez está acostumado com a pressão de ser o xerife da zaga do Fortín desde os 21 anos. Tobio é o típico zagueiro argentino: é seguro, forte e muito bom no jogo aéreo.

Augustín Allioni - A mais nova pérola argentina atende pelo nome de Allioni. O camisa 21 do Vélez tem apenas 18 anos e já é titular do Fortín. Rápido, incisivo, driblador e veloz, Allioni lembra muito o futebol de Maximilliano Morález, ex-Vélez e Racing.

Facundo Ferreyra - Vélez é um clube que revela muitos jogadores de futuro promissor. A nova aposta, além de Allioni, é Facundo Ferreyra, atacante argentino de 21 anos. Apesar da infelicidade de ter marcado um gol contra na estréia do Vélez contra o Emelec, que ocasionou a derrota do Fortín, Ferreyra é muito bom jogador. Rápido e dotado de um potente chute de perna direita, Facundo é presença constante nas seleções de base da Argentina.

Guillermo Burdisso - Irmão mais novo de Nícolas Burdisso, Guillermo é o comandante da defesa do Boca Juniors nessa Libertadores. Jovem de apenas 24 anos, Burdisso já passou pela Roma enquanto o seu irmão mais velho estava por lá. O zagueiro argentino, ao contrário do seu irmão, é alto e bom cabeceador. Apesar de ser lento, Burdisso conta com um bom tempo de bola na hora dos desarmes.

Sánchez Miño - Juan Manoel Sánchez Miño, o talismã Xeneize, joga como volante e como meia-esquerda. Sánchez Miño tem apenas 23 anos e finalmente ganhou sua oportunidade no time titular do Boca com a chegada de Carlos Bianchi. Canhoto, Miño bate muito bem na bola, além de ser um jogador extremamente raçudo.

Lucas Viatri - O "novo Palermo", como é conhecido Lucas Viatri, reveza entre titular e reserva no Boca. Entretanto, o atacante de 25 anos, tem uma capacidade de reter a bola e fazer o pivô igual ao velho e famoso Palermo. Viatri já foi oferecido ao Santos, que não conseguiu a sua contratação por contar com 3 argentinos em seu elenco. Apesar da idade, Viatri seria uma boa adição aos clubes brasileiros por se tratar de um matador.

Marcos Cáceres - Cáceres, paraguaio de 26 anos é o xerife da zaga do Newell's Old Boys, da Argentina. O paraguaio é daqueles defensores que fazem qualquer função que o treinador pedir lá atrás, tanto na lateral quanto no miolo. Cáceres é muito forte na marcação, além de experiente.

Ignácio Scocco - Sim, é AQUELE Scocco do BRASFOOT! Esse jogo de futebol para computador era muito famoso entre os garotos no começo deste século. Scocco, além de virtualmente bom, é muito eficiente na vida real também. O atacante argentino já tem 27 anos, mas a sua contratação seria bem-vinda em qualquer clube brasileiro. Scocco é letal dentro da pequena e grande área, pois é um jogador que bate muito bem na bola e se posiciona melhor ainda. Esse jogador encontra-se em período de empréstimo aos Leprosos (Newell's) pelo Al Ain (EAU). Scocco anotou 13 gols no Torneo Inicial, com média de 0.76 gols por partida, e quase ajudou o seu time a ser campeão.

Harrison Otalvaro - Otalvaro é um meia-atacante de 26 anos que atua pelo Club Desportivo LOS Millonarios (COL), e vai enfrentar o Corinthians na fase de grupos da Libertadores. Otalvaro já deu trabalho a outros clubes brasileiros no ano passado. O meia ajudou o Millonarios a derrotar Palmeiras e Grêmio na Sulamericana de 2012. Inteligente, preciso no passe e bom chutador, Otalvaro seria uma aposta interessante numa posição difícil para muitos clubes brasileiros.

Erick Moreno - Atacante, 21 anos, colombiano e que defende o Millonarios também. Moreno é rápido e finalizador. O jovem atacante faz o "trabalho sujo" para Rentería, ex-Internacional e Santos, apesar de ser muito mais eficiente para o grupo do que o "Saci do Beira-Rio".

Fidel Martinez - O torcedor do Cruzeiro certamente se lembra do jovem jogador franzino recém-chegado do Independiente (EQU) chamado Martinez. Tratado como "a salvação" do futebol equatoriano, o jovem atacante de 18 chegou a Toca da Raposa para desenvolver o seu futebol. Passaram-se dois anos e a promessa não vingou e fora mandada embora para o Deportivo Quito. Hoje, com 23 anos, Fidel Martinez é chamado de "Neymar Equatoriano". O apelido não veio apenas pelo corte de cabelo, mas pelo futebol irreverente que começou a praticar no Deportivo. Após se destacar na Libertadores do ano passado, Martinez se transferiu para o Tijuana, e vai enfrentar o Corinthians na fase de grupos deste ano. Rápido, driblador e incisivo, Martinez é um bom jogador que deve dar trabalho a defesa corinthiana.

Braian Rodríguez - O uruguaio de 26 anos do Huachipato (CHI) dá calafrios nos gremistas toda vez que tem o seu nome citado. O perigoso centroavante do atual campeão chileno marcou o segundo gol na vitória de 2x1 do Huachipato sobre o Grêmio, na Arena Grêmio. Rodríguez é um bom centroavante, que além de reter bem a bola, sabe jogar quando preciso.

Federico Falcone - Falcone é um atacante argentino que tem 1,88m, 22 anos e também joga no Huachipato (CHI). Autor do primeiro gol na vitória chilena na Arena Grêmio, Falcone faz uma dupla de "postes" com Braian Rodríguez no ataque do Huachipato. Entretanto, Falcone demonstrou muita mobilidade para um atacante dessa altura. É bom ficar de olho!

Rubén Botta - Cria do Tigre (ARG), Rubén Botta é uma das esperanças argentinas para o futuro. No entanto, existe um pequeno problema com relação a Botta. Apesar de ser muito habilidoso, Botta é completamente alheio as dificuldades da partida. O meia canhoto de 23 anos é constantemente criticado pela imprensa argentina por "sumir" em jogos importantes. Botta é um bom jogador de meio-campo pois distribui bem o jogo, tem uma visão boa e arremata ao gol com frequência.

Mauro Guevgozián - Atacante uruguaio com ascendência armênia, de 26 anos é a esperança de gols do Libertad, rival do Palmeiras e Tigre na fase de grupos da Libertadores. Além de forte, Guevgozián possui uma bomba no pé direito.

Claudio Vargas - Vargas reconquistou a confiança e também uma vaga no grupo do Paraguai que tenta uma classificação para a Copa do Mundo aqui no Brasil. Vargas já tem 27 anos, porém, é um jogador de muita classe e toque de bola. O meia do Libertad tem tudo para ser a maior ameaça ao Palmeiras, e uma contratação cirúrgica para qualquer clube brasileiro.

Marcos Caicedo - Forte, rápido e matador. Esse é Marcos Caicedo, maior promessa do futebol equatoriano. O jovem atacante do Emelec tem apenas 21 anos e, em sua primeira partida de Libertadores como titular, assombrou a defesa do Vélez Sarfield na vitória por 1x0 na estréia. Muito bom jogador!

Pablo Zeballos - Zeballos é o típico jogador paraguaio que andou por vários clubes e acabou tendo que se contentar com uma realidade que ele não esperava. Zeballos é um atacante rápido, técnico e que sabe fazer gols. Porém, por que ele está no Emelec? Zeballos se machuca muito. Entretanto, em 2012/2013 as coisas mudaram, e o jogador voltou a seleção nacional e é uma das esperanças do Emelec para surpreender na Libertadores.

Jorge Rojas - Artilheiro da seleção paraguaia no Sulamericano Sub-20, campeão do Apertura e titular absoluto aos 20 anos do Cerro Porteño, maior clube paraguaio. Rojas é muito habilidoso, carrega a bola e tem drible fácil. É bom abrir os olhos agora antes que algum europeu venha atrás desse bom jogador.

Ivan Torres - Parceiro de Jorge Rojas tanto no Cerro quanto na seleção paraguaia no Sulamericano Sub-20. A diferença de Torres para Rojas é a idade e o pé. Ivan tem 21 anos e é canhoto, enquanto Rojas tem 20 e é destro. Torres é um cadenciador de jogo e possui uma visão de jogo invejável. O jovem paraguaio já é tido como uma estrela, e tem tudo para conseguir.

Juan Angel Albín - Albín já é conhecido da galera. O uruguaio despontou no Nacional há seis anos atrás e logo foi vendido ao Getafe, que posteriormente o vendeu para o Espanyol. Albín, que ainda não estourou na Europa, voltou ao Nacional por empréstimo. O canhoto de 26 anos tem muita qualidade técnica e velocidade. Além de envergar a camisa 10 do Tricolor, Albín é constantemente convocado por Oscar Tabárez para seleção uruguaia. O seu passe não deve ser muito caro, o que facilitaria muito para qualquer clube brasileiro investir.

Damián Díaz - Díaz é um forte candidato à Montillo em 2013. Além de ter 26 anos, mesma idade de Montillo quando despontou na Universidad de Chile, Díaz é argentino e só foi fazer sucesso em outro clube sulamericano, no seu caso o Barcelona de Guayaquil. O meia argentino é cadenciador, chuta muito bem, cobra faltas, tem toque de bola refinado e faz gols. A situação de Díaz é idêntica à de Montillo. Sortudo será o brasileiro que enxergar ele primeiro!

Edgar Benítez - Dentre todos os jogadores, Benítez foi o que mais me chamou a atenção na primeira rodada da fase de grupos da Libertadores. O atacante paraguaio que atua pelo Toluca(MEX) (está emprestado do Pachuca) é ambidestro e tem apenas 25 anos. Além de muito veloz, Benítez é muito objetivo. Na partida contra o Boca Juniors, em La Bombonera, o paraguaio aprontou um puteiro contra os Xeneizes, e fora o principal trunfo na vitória mexicana por 2x1 de virada. Benítez é constantemente convocado para a seleção paraguaia, e tudo leva a crer que ele é uma aposta quase certeira para qualquer clube que esteja procurando por um atacante rápido, objetivo e habilidoso.

Deixe um Comentario

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

- Copyright © Trama Futebol Clube -- Traduzido Por: Template Para Blogspot