Postado Por : Caio Nascimento 7.1.13

Na primeira partida do Wild Card deste domingo, o Baltimore Ravens derrotaram o Indianapolis Colts por 24 a 9, no M&T Bank Stadium, em Baltimore. Os Corvos enfrentarão o Denver Broncos, na altitude de Denver no próximo domingo, em Mile High.
Um jogo que prometia altas cargas de emoção acabou não se traduzindo em campo. Em uma participação opaca do quarterback rookie Andrew Luck, pelo Colts, e da aparição irregular do quarterback Joe Flacco, pelo Ravens, fez com que o primeiro tempo fosse abaixo das expectativas.
O primeiro ponto da partida aconteceu apenas no segundo quarto, quando Justin Tucker, kicker do Ravens, colocou 3 a 0 no placar. Adam Vinatieri empatou para o Colts logo na campanha seguinte com outro field goal.
Ao final do segundo período, Flacco arregaçou as mangas e mandou um passe de 47 jardas para Ray Rice anotar uma corrida que botou os Ravens na porta de red zone. Vonta Leach, full back mais bem pago da NFL, anotou o touchdown para o time de Baltimore que deixou o placar em 10 a 3. No entanto, Vinatieri anotou um field goal para os Colts a 3 segundos do intervalo deixando a partida em 10 a 6.
Na volta do intervalo as coisas melhoraram para o duelo. Os Ravens voltaram com tudo do vestiário e, especialmente, Joe Flacco. O quarterback encontrou Dennis Pitta livre na end zone para anotar o touchdown. Em seguida, após belo desempenho da defesa do time da casa, os Colts tiveram que se contentar com outro field goal anotado por Vinatieri, deixando em 16 a 9.
Entretanto, no último quarto, Joe Flacco encontrou Anquan Boldin livre na end zone que acabou anotando o touchdown da redenção, deixando o placar em 24 a 9. Além da alegria pela classificação, os fãs dos Ravens puderam comemorar a permanência do lendário linebacker Ray Lewis por mais uma partida. Lewis anunciou durante a semana que esta é a sua última temporada. Para os Colts ficou o gosto da superação, apesar da derrota, e da esperança no prodígio quarterback Andrew Luck.

Na segunda partida do Wild Card deste domingo, Washington Redskins e Seattle Seahawks se enfrentaram no FedEx Field, em Landover, D.C. O quarterback calouro Robert Griffin III, mais conhecido como RGIII, contrariou as expectativas e foi para o jogo com uma proteção no joelho direito. Os Peles Vermelhas começaram muito bem o primeiro quarto e abriram 14 a 0 sem dó nem piedade dos Seahawks.
Entretanto, no que indicava mais uma partida "sem sal", ganhou ares de emoção após constatarem que RGIII se lesionara na campanha em que os Redskins anotaram o décimo quarto ponto. Devido a lesão, e a notável melhora no desempenho da defesa de Seattle, o time visitante resolveu jogar bola.
Outro quarterback calouro, Russell Wilson, chamou a responsabilidade para si e começou a mudar as rotas do ataque. Uma dessas mudanças, a mais óbvia: Marshawn Lynch. "A Besta" mudou o jogo a favor do Seahawks.
Conquistando várias jardas terrestres com a força da "Besta", Seattle anotou dois field goals e um touchdown (Michael Robinson) que deixou os visitantes a um ponto dos donos da casa até o intervalo. Na volta, passamos o terceiro quarto inteiro vendo um festival de punts. Isso mesmo, ninguém pontuou nesse período.
Anexado ao jogo, havia outra situação que dava emoção ao jogo: a contusão agravada de RGIII. Totalmente avariado, o calouro de Washington não conseguia desempenhar nem 50% do seu potencial. Era triste vê-lo todo robotizado em campo e, mais triste ainda, a falta de confiança do head coach Mike Shanahan ao preterir Kirk Cousins, reserva de RGIII.
Após passar o terceiro quarto inteiro sem pontuar, o placar finalmente foi alterado na metade do último período. Marshawn "The Beast" Lynch anotou o touchdown mais sensacional do Wild Card numa corrida de 27 jardas com direito a vários tackles quebrados. Depois de uma bela chamada do head coach Pete Carroll, os Seahawks trocaram o extra point pela conversão de dois pontos, e conseguiram com Zach Miller.
Se não bastasse a diferença de um touchdown no placar (21 a 14), algo terrível acontecera para os fãs de Washington: após um snap horrendo do center Will Montgomery, RGIII foi atropelado pela blitz do Seahawks. A lesão, que já era enorme, tirou o calouro de jogo. Mike Shanahan poderia ter evitado isso se...
Seattle teve a chance de matar o jogo, porém, o ataque ficou apenas com um field goal e acabou dando um suspiro para os Redskins. Com Kirk Cousins em campo, que até tentou alguma coisa, mas acabou sendo engolido por outra blitz da defesa de Seattle resultando em um fumble. O placar de 24 a 14 deu ao Seattle Seahawks a oportunidade de enfrentar o Atlanta Falcons por um lugar na final da NFC.

Deixe um Comentario

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Postagens populares

Total de visualizações

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

- Copyright © Trama Futebol Clube -- Traduzido Por: Template Para Blogspot